Laboratório de Desempenho Logístico

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Modelo de avaliação do desempenho logístico de operadores logísticos

E-mail

Autor: Israel Samuel Grüdtner

Orientador: Carlos Manuel Taboada Rodriguez, Dr.

Ano: 2005

Resumo: Entre as estratégias utilizadas pelas organizações na busca por diferenciais competitivos, encontra-se a terceirização, que estende-se também aos processos logísticos. A crescente procura pela terceirização de operações logísticas fez surgir os chamados prestadores de serviços logísticos (PSL), e posteriormente originou os operadores logísticos. Atualmente, o mercado nacional de operadores logísticos apresenta sinais de consolidação, exigindo que estas empresas mantenham práticas gerenciais adequadas ao seu negócio. Neste contexto, um modelo de avaliação de desempenho adequado ao operador logístico torna-se ferramenta essencial ao processo de gestão do mesmo. Nesta pesquisa foi estruturado um modelo de avaliação do desempenho logístico para operadores logísticos, desenvolvido a partir de modelos disponíveis na literatura e construído através de uma matriz de indicadores formada pelos principais processos desenvolvidos por um operador logístico (transporte, armazenagem, manuseio, informação e consultoria) e pelos elementos que contribuem para a obtenção de vantagem competitiva nas organizações (custo, ativos, produtividade, qualidade e tempo), resultando em 124 indicadores propostos. Para ilustrar a utilização do modelo, este foi aplicado a uma operação específica de um operador logístico localizado em São José dos Pinhais, no estado do Paraná. Nesta aplicação a matriz de indicadores foi adaptada e selecionados os indicadores adequados à operação em análise, tendo sido propostos 25 indicadores, dos quais, 20 foram medidos.