Laboratório de Desempenho Logístico

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Modelo de estoque gerenciado pelo fornecedor (VMI) aplicado ao varejo de materiais de construção no setor de revestimentos cerâmicos

E-mail

Autor: Sandro Tavares

Orientador: Carlos Manuel Taboada Rodriguez, Dr.

Ano: 2003

Resumo: O cenário mundial demonstra que poucos mercados tem sentido uma expansão e que as organizações tem buscado seu crescimento, mas nem sempre tem obtido sucesso nesta busca. A competição é cada vez mais acirrada e os produtos já não são o diferencial competitivo. O nível de serviço agregando valor percebido ao produto e a resposta eficiente às necessidades dos consumidores ganham foco cada vez maior. Dentro deste contexto, a Logística ganha uma nova dimensão e tem despontado como solução para grande parte das necessidades exigidas pelo modelo de concorrência percebido pelas organizações. O conceito de gestão dos estoques, relacionamento, mix de produtos, gestão dos transportes e integração da cadeia de suprimentos deixa de ter enfoque operacional, passando a adquirir um caráter estratégico. O modelo VMI, onde a gestão dos estoques dos clientes passa a ser de responsabilidade dos fornecedores surge como alternativa de colaboração e de melhoria significativa na busca por redução de custos e melhoria do nível de serviço. Ao analisar o setor de revestimentos cerâmicos no varejo de materiais de construção é possível perceber que a logística tem grandes benefícios a serem proporcionados. Pelo perfil dos produtos e serviços, as estratégias logísticas podem gerar diferenciais com reduções de custos e otimizações de processos. O VMI pode então vir a ser uma forte estratégia para este setor. O presente trabalho efetuará um estudo do conceito VMI, propondo um modelo a ser aplicado ao Varejo de Materiais de Construção no Setor de Revestimentos Cerâmicos.